Top Menu

Cinema | Jurassic World 2: Reino Ameaçado (2018)


Jurassic World: Reino Ameaçado é o segundo filme da nova franquia do original Jurassic Park. Depois da destruição do Jurassic World, os dinossauros estão soltos por toda a ilha de Nublar. Claire e Owen seguiram de alguma forma com as suas vidas: Claire começou a trabalhar como ativista em defesa dos dinossauros, e Owen virou um eremita e recluso na montanha. Porém, quando o vulcão da ilha de Nublar se torna ativo, os dois voltam a se juntar para salvar os dinossauros. E descobrindo que os problemas vão além, ao se verem presos numa conspiração mundial.

Do ponto de vista das atuações, o filme convence. Bryce Dallas Howard está ainda melhor (e correndo sem saltos, graças a Deus). Chris Pratt convence com o seu charme e tendências humorísticas. O filme per se funciona como um bom e velho blockbuster. Porém, seus defeitos estão bem presentes. Isso porque as resoluções dos problemas propostos parecem muito fáceis. Ou até mesmo os erros cometidos pelos personagens muito amadores. Se o público conseguir abstrair isso, consegue assistir o filme sem problemas.


A atriz mirim que interpreta Maisie consegue trazer um fôlego ao longa a partir do meio do filme, principalmente por sua inegável química com o resto do casting. Seu papel rende, pois não é apenas uma participação infantil comercial. Seu personagem tem uma proposta bem inovadora para o longa, que traz inclusive questões para um possível próximo filme.

No mais, do ponto de vista técnico, é sempre uma aula de como fazer cinema. Os efeitos especiais estão incríveis, os cenários, a própria química entre todos os atores do longa. É um filme que vale a pena assitir em 3D. As cenas de luta são bem ensaiadas, e convencem. Os intervalos de humor também são bem interessantes, principalmente vindos da veterinária e do assistente de Claire. As relações familiares propostas tangem ao normal e esperado de Hollywood.

Principalmente, o filme atinge o esperado. É uma boa sessão da tarde ou saída com a família. Os fãs mais tradicionais de Jurassic Park, como eu, podem brochar com alguns erros claros do longa. Mas em suma, ele consegue trazer um pouco da mágica de Jurassic Park para a nova geração.


Postar um comentário

Copyright © Sons of Series. Designed by OddThemes & SEO Wordpress Themes 2018